quarta-feira, 16 de agosto de 2017

A Vida Inteira Não Tem Fim

+++
Sei no nosso amor tão forte em mim
A vida inteira não tem fim
Por mais que queira
Sei e nada vai poder mudar
Esse desejo de ficar
Na vida inteira p´ra saber
A luz do amor brilha na areia
E o teu olhar é fogo em mim
Amor meu amor a vida inteira
Não chega p´ra te amar assim
Na luz do amor brilha na areia
E o teu olhar é fogo em mim
Amor, meu amor a vida inteira
Não chega p´ra te amar assim
Sei que o nosso amor vem p´ra ficar
Mesmo que doa eu vou esperar
A vida inteira
Li pela vida passa sobre nós
E por amor não estamos sós
Pela alma inteira p´ra viver
A luz do amor brilha na areia
E o teu olhar é fogo em mim
Amor, meu amor a vida inteira
Não chega p´ra te amar assim
A luz do amor brilha na areia
E o teu olhar é fogo em mim
Amor, meu amor a vida inteira
Não chega p´ra te amar assim
fonte: cifraclub
+++

domingo, 25 de junho de 2017

Somos todos diferentes / Estrelas na Terra


e o filme completo:

Quando Deus e a Medicina se Encontram


Haverá espaço para Deus no contexto da medicina moderna ocidental? Os milagres médicos acontecem por alguma razão espiritual? Existe lugar para a eutanásia na mente dos que procuram a essência espiritual? Assistir a uma cirurgia de coração aberto ensina algo sobre a alma a um estudante de medicina? Deveriam os princípios metafísicos/espirituais fazer parte do currículo das faculdades de medicina?

Numa conversa aberta e franca, o grande mestre Neale Donald Walsch e a Dra. Brit Cooper refletem sobre a condição do ser humano que, mais do que uma criatura física com uma mente altamente desenvolvida, é uma entidade espiritual. Ao perceberem esta completude, quer a medicina quer a espiritualidade podem olhar para a cura como um processo de tratamento do corpo, da mente e da alma.

«A Dra. Brit Cooper é uma das pessoas mais brilhantes que tive o privilégio de conhecer nesta vida. Para além da enorme bondade, compaixão e profunda consciência espiritual, é um tesouro da nossa espécie. Estejam atentos ao seu nome nos próximos anos porque ela já está a fazer a diferença no mundo de uma forma extraordinária.»
Neale Donald Walsch

domingo, 18 de junho de 2017

AMOR


Podes rezar ao teu Deus que eu rezo ao meu,
Talvez o meu Deus seja o teu,
Porque só há um Deus no nosso céu,
Chama-se A.M.O.R.
Chama-se
A.M.O.R.

O meu Deus não usa balas nem se explode na multidão,
Que o teu Deus não use ferros nem se esconde na Santa Inquisição,
Porque cada um tem um Deus na sua mão,
E o nosso chama-se
A.M.O.R.
E alguém pergunta ao longe e eu digo:
A.M.OR.

E se o meu Deus fosse uma Mulher e o teu também,
E se se beijassem na boca e no céu se ouvisse: ' Amén!',
Porque todos os Deuses tem destino de Mãe,
E o nosso é A.M.O.R.
Não é outro o nosso Deus que não
A.M.O.R.
E alguém me diz ao longe chama-se
A.M.O.R.
E há pobres e loucos que dizem:
A.M.O.R.

Podes pedir ao meu Deus que eu peço ao teu,
Que nos dê a Paz e a Luz e a Vida que nenhum ódio venceu,
Porque sabes onde estiver esse Deus estarás tu, estarei eu,
É um Deus que dá pelo nome
A.M.O.R.
E tu perguntas como se chama esse Deus e eu digo:
A.M.O.R.

E os tristes e os fracos dizem:
A.M.O.R.
E são poucos os loucos que não tem
A.M.O.R
E é por isso que eu quero que tu digas comigo A.M.O.R.
E alguém na rua diz
A.M.O.R.
E eu digo mais uma vez
A.M.O.R.
Chama-se
A.M.O.R.


fonte: Pedro Abrunhosa

sexta-feira, 16 de junho de 2017

Aos nossos filhos


Aos nossos filhos

Perdoem a cara amarrada
Perdoem a falta de abraço
Perdoem a falta de espaço
Os dias eram assim

Perdoem por tantos perigos
Perdoem a falta de abrigo
Perdoem a falta de amigos
Os dias eram assim

Perdoem a falta de folhas
Perdoem a falta de ar
Perdoem a falta de escolha
Os dias eram assim

E quando passarem a limpo
E quando cortarem os laços
E quando soltarem os cintos
Façam a festa por mim

Quando lavarem a mágoa
Quando lavarem a alma
Quando lavarem a água
Lavem os olhos por mim

Quando brotarem as flores
Quando crescerem as matas
Quando colherem os frutos
Digam o gosto pra mim

fonte: Letras

Homenagem a Maria Teresa Marques

Ana Maria:

Boa tarde, 

convido os interessados para uma pequena homenagem a nossa querida Teresa, a realizar no próximo dia 18 de Junho pelas 16h e no local abaixo. 

A morada é Rua do Alto do Lagoal, n 9, Caxias, no Café ACRA.



domingo, 11 de junho de 2017

Quando vier a Primavera

Quando vier a Primavera, 
Se eu já estiver morto,
As flores florirão da mesma maneira
E as árvores não serão menos verdes que na Primavera passada.
A realidade não precisa de mim.
Sinto uma alegria enorme
Ao pensar que a minha morte não tem importância nenhuma
Se soubesse que amanhã morria
E a Primavera era depois de amanhã,
Morreria contente, porque ela era depois de amanhã.
Se esse é o seu tempo, quando havia ela de vir senão no seu tempo?
Gosto que tudo seja real e que tudo esteja certo;
E gosto porque assim seria, mesmo que eu não gostasse.
Por isso, se morrer agora, morro contente,
Porque tudo é real e tudo está certo.
Podem rezar latim sobre o meu caixão, se quiserem.
Se quiserem, podem dançar e cantar à roda dele.
Não tenho preferências para quando já não puder ter preferências.
O que for, quando for, é que será o que é.
Alberto Caeiro, in "Poemas Inconjuntos"
Heterónimo de Fernando

quinta-feira, 8 de junho de 2017

Ando devagar porque já tive pressa

Tocando em frente
Ando devagar porque já tive pressa
E levo esse sorriso porque já chorei demais
Hoje me sinto mais forte, mais feliz quem sabe
Só levo a certeza de que muito pouco
Eu sei, que nada sei
Conhecer as manhas e as manhãs
O sabor das massas e das maçãs
É preciso amor pra poder pulsar
É preciso paz pra poder sorrir
É preciso a chuva para florir
Penso que cumprir a vida seja simplesmente
Compreender a marcha ir tocando em frente
Como um velho boiadeiro
Levando a boiada eu vou tocando os dias
Pela longa estrada eu vou, estrada eu sou
Conhecer as manhas e as manhãs
O sabor das massas e das maçãs
É preciso amor pra poder pulsar
É preciso paz pra poder sorrir
É preciso a chuva para florir
Todo mundo ama um dia, todo mundo chora
Um dia a gente chega no outro vai embora
Cada um de nós compõe a sua história
Cada ser em si carrega o dom de ser capaz
De ser feliz
Ando devagar porque já tive pressa
Levo esse sorriso porque já chorei demais
Cada um de nós compõe a sua história
Cada ser em si carrega o dom de ser capaz
De ser feliz
...


...

fonte: Tocando em frente

domingo, 21 de maio de 2017

A razão por que o único futuro que vale a pena tem que incluir toda a gente

+++

Crystais


Estou muito grato por ter tido a oportunidade de ter conhecido a Leonor Tomé e a oportunidade de receber a sua terapia com crystais. 

Foi para mim uma experiência marcante, uma experiência Luminosa de Paz, Serenidade e Reencontro comigo mesmo. 

Receber a ajuda da Leonor, que faz questão de partilhar connosco as suas ferramentas, técnicas e informação, marcou em mim um ponto de viragem na minha vida. 

Uma vida que sinto ser hoje bem mais tranquila, mais serena e sustentada num Amor que cresce em mim a cada dia.

Muito obrigado Leonor Tomé,
Manuel Filipe Santos.

Aceda aqui à pàgina de facebook de Leonor Tomé e aqui a uma entrevista que deu na SIC há cerca de um ano.

 +++

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Meditação (frequências binaurais)

Veja a explicação correcta desta meditação em detalhes abaixo do video...
INSTRUÇÕES:
1. Deite-se confortavelmente de barriga para cima
2. Ponha os fones de ouvido com os toques binaurais (abaixo)
3. Ponha as máscara de olhos ou algo que sirva como venda
4. Defina a intensão de sua experiencia ou simplismente afirme: estou pronto(a) e aberto(a), por favor Eu Superior me mostre o que eu tenho que saber
5. Comece a respirar sem pausas somente pelas narinas (encontre o seu ritmo)
6. Enquanto respira visualize uma esfera de energia vinda do centro do Universo entrando pelo seu chakra da coroa (topo da cabeça)
7. Simultaneamente com a respiração movimente a esfera de energia da cabeça para os pés e vice-versa(link abaixo)
8. Vá relaxando o corpo cada vez mais. Ele irá se desligar e sua consciencia irá continuar desperta
9. Continue o processo até sentir que o seu corpo está completamente relaxado (espasmos, frio, calafrios, contrações podem surgir nesse momento, apenas observe)
10. Seguindo sua intuição pare de respirar por um tempo ( pausa longa e que seja confortável para vc)
11. Enquanto segura a respiração relaxe ainda mais como se entregasse ao sono e visualize que vc é pura luz que se expande (assita ao vídeo de Estado Vibracional)
12. Volte a respirar de forma mais sutil e observe o que surgir no seu campo de visão (para mim foi uma luz ao longe)
13. Concentre-se nas imagens e nos sons
14. Entregue-se ao que vier. Boa viagem! =) 
Estado Vibracional:
Batidas Binaurais:

+++
+++

quinta-feira, 2 de março de 2017

Saúde para todos / Health 4 All

+++
+++

Um documentário já com 10 anos que infelizmente só agora vi e que deve ser partilhado.

Manuel Filipe Santos
+++
"Durante uma palestra, ele declarou que socialismo é democraciaé cristianismojudaísmoislamismo e budismo, porque todas as grandes religiões dizem a mesma coisa que Marx disse."
fonte: wiki

domingo, 8 de janeiro de 2017

O meu olhar

+++
II- O meu olhar é nítido como um girassol

O meu olhar é nítido como um girassol.
Tenho o costume de andar pelas estradas
Olhando para a direita e para a esquerda,
E de, vez em quando olhando para trás…
E o que vejo a cada momento
É aquilo que nunca antes eu tinha visto,
E eu sei dar por isso muito bem…

Sei ter o pasmo essencial
Que tem uma criança se, ao nascer,
Reparasse que nascera deveras…
Sinto-me nascido a cada momento
Para a eterna novidade do Mundo…

Creio no mundo como num malmequer,
Porque o vejo. Mas não penso nele
Porque pensar é não compreender …

O Mundo não se fez para pensarmos nele
(Pensar é estar doente dos olhos)
Mas para olharmos para ele e estarmos de acordo…

Eu não tenho filosofia: tenho sentidos…
Se falo na Natureza não é porque saiba o que ela é,
Mas porque a amo, e amo-a por isso,
Porque quem ama nunca sabe o que ama
Nem sabe por que ama, nem o que é amar …
Amar é a eterna inocência,
E a única inocência não pensar…

Alberto Caeiro, in “O Guardador de Rebanhos – Poema II”
fonte: Ensina (RTP)
+++

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Prayer of the Mothers

+++
"Está acontecendo um pequeno grande milagre quase completamente ignorado pelos meios de comunicação: milhares de mulheres judias, muçulmanas e cristãs tem caminhado juntas em Israel pela paz. Em um novo video oficial do movimento "Women Wage Peace", a cantora israelense Yael Deckelbaum canta a canção "Prayer of the Mothers", junto a mulheres e mães de todas as religiões, mostrando que o mundo está mudando e deve mudar. Um milagre todo feminino que vale mais que mil palavras. Compartilhe! ✡Shalom! ☪Salam! ☮Peace! ✝Paz!💟" Luz e paz a todos os Seres....

2016.12.16
+++